Mês: fevereiro 2013

Travessia de ferry da Itália para Tunísia (duas noites no Mediterrâneo

Uma amiga muito querida que conheci na Índia me convidou pra ir visita-la e a sua família em seu país natal: a Tunísia.   Como recusar casa, comida e amor grátis assim, além de ir conhecer um país completamente diferente do que eu já tinha visto antes? I said yes, yes, yes.   Para chegar até Tunis, a capital da Tunísia, resolvi esquecer que existe avião e ir por terra. Ou melhor: por mar.   Peguei em Civitaveccia (a cidade-porto de Roma) um ferry com a empresa italiana Grandi Navi Veloci, uma das duas que fazem o trajeto (a outra …

Travessia de ferry da Itália para Tunísia (duas noites no MediterrâneoLeia Mais »

Fotolog sobre Veneza

Não fiquei tempo suficiente em Veneza para dar nenhuma dica local ou especial sobre a cidade. Mas deixo aqui a minha impressão mais sincera: Veneza não é real. Tanto nas áreas mais turísticas quanto nas áreas mais afastadas da zoeira da Praça de San Marco e da ponte do Rialto, a cada passo que eu dava, imaginava que alguém de Hollywood ia aparecer gritando “corta!” e o cenário todo desmontaria. É bonito demais! Mas é aquele bonito meio sodomizado pelas inúmeras exposições em filmes e pela horda de turistas. A cidade mesmo onde os venezianos normais como eu e você …

Fotolog sobre VenezaLeia Mais »

Pular de trem em trem pela Europa – comprar ou não o Eurail Ticket?

Calma, vou primeiro explicar o que é o Eurail Ticket. Eurail é um passe de trens que permite pular de um trem para outro na Europa mediante o pagamento de uma taxa fixa. 24 países fazem parte dessa aliança e existem passes que englobam todos eles (o global pass), um conjunto deles ou apenas um. Também é possível escolher quantos dias de viagem você usará o passe, se 10 dias em 2 meses, 15 dias em dois meses ou todos os dias por 15, 21, 30, 60 ou 90 dias. E veja bem: um dia de viagem não significa uma viagem …

Pular de trem em trem pela Europa – comprar ou não o Eurail Ticket?Leia Mais »

La Tour (ela mesma)

Podem falar o que quiser. O fato é que a Torre Eiffel é fotogênica pra caralho. Segui as dicas da TT e comprei o ingresso antecipado para entrar na fila mais rápida e comprei pro meu horário preferido do dia: o pôr do sol. Recomendo a todos: você consegue ver a Torre de dia e de noite (o Campo de Marte, onde ela fica, é longinho da maioria das coisas, então a Torre precisa de um momento só pra ela) e ainda está lá em cima quando as luzes se acendem. Achei esse momento mágico. Não tem muito o que dizer… …

La Tour (ela mesma)Leia Mais »

Selerepe pelo jardim de Versailles

Cometi um erro IMPERDOÁVEL ao ir visitar Versailles: usei um sapato novo. Pela primeira vez. Meu pé era uma polpa de carne ao final do passeio, porque todas as distâncias são enoooooooormes. Fico pensando como se locomoviam o rei, a rainha e seus súditos, com aqueles sapatinhos de pano frágeis. Cheguei à conclusão que era tudo feito de carruagem mesmo, não tem como eles andarem tanto com aquelas perucas. Fora esse problema sério, a visita foi ótima. Para chegar até o palácio é preciso tomar um trem de Paris, a linha RER C, que custa €3,40 cada perna. De lá, …

Selerepe pelo jardim de VersaillesLeia Mais »

Rolar para cima