As pirâmides de Teotihuacán vão te impressionar!

 

Se você gosta de ruínas pré-colombianas, programe-se para ir ver as de Teotihuacán, perto da Cidade do México! Localizadas a 1h da capital mexicana, é um complexo com 3 pirâmides, um palácio e várias outras ruínas menores. São construções impressionantes!

 

O melhor dia para ir é segunda-feira, porque todos os museus da cidade fecham esse dia! Além de Teotihuacán, as únicas atrações turísticas abertas segunda são as de compras e as bibliotecas.

 

Meu roteiro favorito incluiria ir ao Museu de Antropologia antes de ir a Teotihuacán, tipo domingo, quando a entrada é grátis (mas fica bem cheio!), porque aí você vê lá os artefatos encontrados nas ruínas, lê sobre o lugar. E aí vai ver as grandes construções ao vivo no dia seguinte.

 

Teotihuacan-piramide-del-sol

 

O que foi Teotihuacán?

 

A cidade de Teotihuacán é super velha: foi fundada em +-100 a.C. Para se ter uma ideia, quando os Aztecas fundaram Tenochtitlán (a Cidade do México), Teotihuacán já era uma cidade em ruínas e destino turístico e religioso. Aliás, o nome “Teotihuacán” vem dos próprios aztecas (ou mexicas) e significa “Lugar onde nascem os deuses”. Não se sabe como a cidade se chamava originalmente nem qual o nome do povo que a fundou. No seu apogeu, a cidade tinha entre 100 e 200 mil habitantes, uma das maiores do mundo em sua época!

 

Teotihuacan-piramide-de-la-luna

 

O que visitar?

 

As principais atrações são as Pirâmides do Sol, da Lua e o palácio Quetzalpapálotl. Também há outra pirâmide, da serpente com penas, mas, como não dá pra subir, nem tanta gente se lembra dela. A cidade tem uma rua princial, a Calle de los muertos, que termina na Pirâmide da Lua (a melhor vista para as ruínas todas, mas não pode subir até o topo). Em um dos lados da Calle de los Muertos está a Pirâmide do Sol, que é a maior construção do complexo e também o único edifício que se pode subir até a pontinha lá do alto.

 

Teotihuacan-piramide-del-sol-escaleras

 

Como chegar?

 

Vá até a rodoviária do norte (a Cidade do México tem várias rodoviárias), Central de Autobuses del Norte. O jeito mais fácil de chegar na rodoviária é de metrô, estação Autobuses del Norte. Atenção que a conexão entre linhas na estação La Raza é GIGANTE, então você já vai ver se seus sapatos são bons pra caminhar antes de chegar às ruínas, hehehe.

 

Uma vez na rodoviária, procure as empresas que fazem o trecho e pegue um ônibus para o povoado de Teotihuacán (42 pesos para ir, 42 para voltar). O ônibus demora uma hora – as ruínas são a última parada antes de chegar ao povoado de Teotihuacán, então preste atenção quando o motorista parar e gritar “PIRAMIDES!” Será sua deixa para sair e mergulhar na história pré-colombiana.

 

Dica: Não existe muita sombra no sítio arqueológico, então tente se programar para estar lá antes ou depois da hora mais quente do dia e use protetor solar!

 

Quando fui, não demorei mais que 3 horas passeando por tudo – e olha que subi as duas pirâmides! E dei sorte de o dia estar bem bonito! Fui à tarde – saí da Cidade do México às 12h30 e cheguei de volta às 7h30.

 

Caso fique com fome ou sede, não se preocupe: há diversas barraquinhas de comida e bebida, além de artesanatos de todos os tipos. Aliás, os vendedores de artesanato que ficam caminhando pelas ruínas enchem um pouco o saco, mas basta dizer não e seguir seu caminho.

 

Visite Teotihuacán:

Valor da entrada em 2015: 57 pesos

Para chegar: pegar um ônibus para Teotihuacán (84 pesos ida e volta) na rodoviária Central de Autobuses del Norte, metrô Autobuses Del Norte.

Leve: água, sapatos confortáveis, protetor solar e chapéu (o sol castiga!)

Melhor dia para ir: segunda-feira – todos os museus da Cidade do México estão fechados (exceto as ruínas) e o sítio arqueológico não é tão cheio quanto no fim de semana.

 

Hospede-se na Cidade do México

Opções na Roma/Condesa

Pra mim, o melhor bairro pra se hospedar: perto do metrô, do metrobus (BRT) e de diversos bares e restaurantes

Hostel 333 – o hostel onde trabalhei na Cidade do México. Excelente localização, preços baixos, festas no terraço.

Hostel Home – hostel parceiro do Hostel 333 – mais calmo e com excelente wifi, hehe.

Hostel Condesa

 

Opções no Centro Histórico:
Hostel Mundo Joven

Mexico City Hostel

Anys Hostal

 

Opções na Zona Rosa e Colónia Juarez

La Tercia

Hostel Inn Zona Rosa

Hotel Casa Gonzalez