Imagem

Comer, comer, comer na Cidade do México

Hoje a Gabi vai viajar para Tulum, onde fica por uma semana. É uma praia no Caribe perto de Cancún (com menos resorts e, quem sabe, menos turistas arrogantes estadunidenses). Ficarei solta nessa Cidade do México conhecendo tudo para contar aqui no blog. Peligro à vista!   Gourmand que é e ansiosa para que eu conheça tudo que há de bom nessa cidade, Gabi me deixou uma lista do que comer na Cidade do México enquanto ela estiver fora. Ela também recomendou restaurantes para visitar e indicou o que pedir em cada um deles. São muitos, mas estou animada para cumprir toda …

Comer, comer, comer na Cidade do MéxicoLeia Mais »

Chuva e frio no México

Esqueça os desertos e as praias caribenhas, na Cidade do México chove. Chove bastante! E esse clima louco que está levando seca pro sudeste brasileiro tá trazendo mais chuva pra cá!

Dólares americanos ou pesos mexicanos? Qual a melhor moeda para levar ao México? [diário de viagem]

Está chegando a hora de embarcar e é preciso levar um pouco de papel moeda para o México. Mas e aí? Qual é a melhor taxa de câmbio? Devo comprar dólares americanos ou pesos mexicanos?   Meu primeiro instinto foi o de trocar reais direto para pesos mexicanos, afinal quanto mais trocas se faz, maiores as taxas para as casas de câmbio. Sem pensar demais, fui e comprei os pesos mexicanos na Confidence Câmbio, uma casa de câmbios grande e cheia de filias pelo Brasil e que tinha dessa moeda para vender.

Hoy me voy para la Cidade do México

Meu irmão do coração Lucas Galvão foi para a Cidade do México em 2012 e me escreveu este email cheio de dicas preciosas de passeios por lá! Leia também e viaje em pensamento pelas ruas arborizadas e cheias de cor

Ansiedade

Respiro fundo uma, duas, três vezes. Repito o mantra: “vai dar tudo certo”. É preciso ir para descobrir e trabalhar para funcionar. Afasto a ansiedade do corpo e da mente. Relaxo. Melhor voltar a dormir.

Piquenique de despedida em BH [diário de viagem]

Não é segredo pra ninguém que lê o blog que eu adoro: passeios ao ar livre explorar lugares novos programas gratuitos e colaborativos reunir pessoas de vários grupos diferentes   Um piquenique, além de reunir todos os pontos acima, tinha outras vantagens: os dias em BH estão muito agradáveis, sem chances de chuva (nem grama molhada), além de ser prático porque basta juntar o lixo produzido no final e pronto! Também foi a chance de cada um trazer uma coisa gostosa para compartilhar com todos sem gastar muito.

Rolar para cima