Brasileira no estrangeiro: receita de coxinha para matar saudades

Às vezes, viajando, tudo que quero é ouvir e dançar um samba depois de comer uma comida bem brasileira. Matar as saudades dos sons e sabores da terra que amo. Fazer um skype com as amigas que estão por lá enquanto como algo e ouço samba, então… melhor ainda!

 

Dos pratos típicos que temos, acho que a coxinha é a mais fácil de se reproduzir em qualquer lugar do mundo: você vai precisar de farinha, frango, manteiga, temperos e água.

Bastante simples, né?

O mais chato do processo é enrolar as coxinhas, uma a uma, empanar e fritar na temperatura certa para que não estourem. Mas isso é técnica, que você só adquire… fazendo muitas coxinhas! Então mãos à obra, até a perfeição! hahaha

Essa receita é da Gabriela Pires, minha grande amiga brasileira que morou aqui no México no segundo semestre de 2014.

 

Alegria pela coxinha alcançada

Foto tremida por motivos de: alegria pela coxinha alcançada. 

 

Receita de coxinha

(rende 90 coxinhas pequenas)

 

Ingredientes:

Recheio:

1kg de peito de frango desfiado

cebola, alho, sal, pimenta e outros temperos que você goste

tomate, salsinha e cebolinha, azeitonas, milho, ervilhas… seu recheio à gosto

+- 1 colher de sopa de farinha de trigo, para dar consistência

 

Massa:

3 xícaras de farinha de trigo

3 xícaras de caldo de frango

3 colheres de sopa de manteiga

 

1 ovo, água, molho shoyo (ou sal) e farinha de rosca (de pão. Na falta, pode usar farinha panko) para empanar as coxinhas.

 

Modo de preparo:

Primeiro, o frango: cozinhe o peito com osso e tudo, de preferência, usando os temperos que você gosta para dar sabor ao caldo. Eu gosto de usar cebola, alho, manjericão, louro, salsão (um pouquinho!), cúrcuma (açãfrão da terra) e uma pimentinha (ou mais, caso esteja no México, hehehe).

Frango cozido, separe 3 xícaras do caldo (coado). Se não houver o suficiente, acrescente água até completarem as 3 xícaras.

Faça a massa:

Ferva o caldo com as 3 colheres bem cheias de manteiga. Com o caldo ainda fervendo e em fgo baixo, acrescente as 3 xícaras de farinha de trigo – aos poucos. Você vai precisar da ajuda de alguém pra segurar a panela enquanto mexe a massa sem apagar o fogo, cozinhando a farinha no processo. Quando a massa estiver bem misturada e consistente, soltando da panela, apague o fogo, cubra a massa com um pano (para que não resseque) e deixe esfriar.

Faça o recheio:

Desfie o peito de frango, volte-o para a panela com o que restou do caldo – se não tiver o suficiente, acrescente um pouco de água para dar uma cozinhadinha no recheio. Junte o tomate, azeitona, milho, ervilha e o que mais decidir colocar no recheio da coxinha.

Quando estiver quase pronto, acrescente a farinha de trigo para engrossar um pouco o recheio – tem que dar para pegar de colher e colocar na massa, sem caldinhos, mas também não precisa ser seca demais. Experiência, experiência… tente se lembrar das suas coxinhas favoritas. Acrescente salsinha e cebolinha e apague o fogo. Deixe esfriar um pouco,

Monte as coxinhas:

Abra um disquinho de massa do tamanho da palma da sua mão (bom, da minha… mais ou menos 10 cm) e da espessura de dois ou três milímetros (não finas demais para que arrebentem, não grossas demais para que você só coma massa), coloque um pouco de recheio (1 colher de chá) e feche o círculo, fazendo a pontinha da coxinha e tirando o resto de massa que sobrou da dobra. Se quiser coxinhas maiores, faça discos maiores e use mais recheio, claro.

Como fechar o círculo e formar a coxinha: junte a parte norte com a parte sul do disco, envolvendo o recheio, aperte. Junte a parte leste com a oeste no centro, fazendo tipo uma “cestinha” com os 4 pontos cardeais da massa. Feche os cantinhos que “pularam” para fora, retirando o excesso de massa e moldando a forma de “coxa de galinha”.

Em uma tigelinha, bata um ovo com a mesma quantidade de água e molho shoyo ou sal. Use essa mistura para molhar as coxinhas e depois passe-as por um prato de farinha de rosca, para empaná-las.

Frite as coxinhas em óleo bastante quente! Se não estiver quente o suficiente, elas vão estourar e vazar recheio.

 

APROVEITE!

 

Ideia milionária da noite: sanduíche de pão de queijo e coxinhaáster

 

Sanduíche de coxinha com pão de queijo!!

Se você está no Brasil ou algum lugar onde consegue polvilho, a receita pro pão de queijo campeão tá aqui: https://eusouatoa.com/pao-de-queijo-de-familia/

1 pensamento sobre “Brasileira no estrangeiro: receita de coxinha para matar saudades”

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *