Febre Amarela – onde e como emitir o certificado internacional de vacinação

Perguntas que você precisa fazer antes de viajar:

  1. Pra onde você vai?
  2. Precisa de passaporte?
  3. Precisa de visto?
  4. Preciso me vacinar contra alguma doença comum no país?
  5. Precisa ter Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela?

 

As perguntas 4 e 5 são importantíssimas, mas pouca gente para pra pensar nisso! É importante conferir quais cuidados você precisará tomar junto a um médico de um Centro de Medicina do Viajante.

Veja aqui a lista de países que exigem o Certificado. (atualizada em janeiro de 2018 – em inglês, mas no site também tem versão em espanhol, francês, russo, chinês e árabe). Por causa do surto de febre amarela no sudeste do Brasil, vários países que antes nem ligavam pra isso passaram a exigir esse certificado internacional de vacinação. Você precisa tomar a vacina até 10 dias antes de viajar, então não coma essa bola! Vacine-se!

 

Centros de Orientação de Viajantes

No Brasil, existem diversos centros de apoio a pessoas que vão viajar, veja a lista completa de localidades e endereços.

 

Aproveite que você está indo lá para tirar seu certificado de vacinação e faça uma consulta com o médico de plantão para retirar suas dúvidas sobre os cuidados de saúde que você precisa ter nos países que for visitar.

 

Quando fiz a volta ao mundo, me vacinei contra raiva, hepatite B, tétano, tríplice viral e poliomelite – tudo de graça no Ambulatório do Viajante em São Paulo! Além delas, também me vacinei contra febre tifóide e hepatite B em uma clínica particular – orientação do médico do Ambulatório do Viajante. O médico também me deu receita de remédios contra diarreia hemorrágica, pois eu ia para a Índia e lá esse tipo de infecção é mais comum – graças a deus não precisei usa-la!

 

Já escrevi um post sobre o assunto aqui, mas gostaria de falar de novo sobre o assunto para reforçar a importância do Certificado Internacional de Vacinação – muitos países o exigem e pode ser um impeditivo de entrada logo no aeroporto! 

 

Esse certificado parece um papelzinho bobo, mas a Tailândia, por exemplo, não te deixa entrar se você não tiver o certificado internacional de vacinação. A febre amarela é doença séria e eles não querem nem sonhar em deixar essa doença tropical circular por lá.

 

Quando cheguei no Aeroporto Internacional de Bangkok, fiquei quase uma hora na fila para carimbar minha entrada no país, mas tive que voltar num guichê lá perto das esteiras de bagagem para ter meu certificado internacional de vacinação checado e aprovado. E tive que enfrentar de novo a longa fila pra entrar no país.

 

Se eu não tivesse o Certificado atestando que sou vacinada contra febre amarela, é provável que eu tivesse que voltar pro Brasil sem nunca ver um pôr do sol tailandês. Mas ainda bem que eu tinha ele em mãos!

 

Algumas pessoas são isentas da obrigatoriedade da vacinação:

  1. Menores de 9 meses de idade
  2. Pessoas que têm atestado médico de contra-indicação de vacinação ou profilaxia

 

Mesmo assim, essas pessoas precisam se apresentar ao Centro de Orientação para Viajantes e emitir o certificado de isenção de vacinação. O modelo de formulário que será emitido pelo seu médico é este do link.

 

Para retirar o Certificado Internacional de Vacinação, é preciso:

Primeiro: ser vacinado contra Febre Amarela. Você pode se vacinar em qualquer posto de vacinação estadual ou municipal, basta apresentar documento de identidade com foto. Por causa da epidemia de febre amarela no sudeste, talvez seja mais difícil achar um posto com a vacina disponível… não desista!

 

Os Centros de Medicina do Viajante também podem administrar a vacina (consulte os horários dos médicos e a disponibilidade da vacina!).

 

A vacinação contra febre amarela é gratuita e deve ser feita 10 dias antes da sua viagem.

 

Segundo: antes de ir ao Centro de Orientação de Viajantes mais próximo, cadastre suas informações pessoais no site para viajantes da Anvisa. Esse passo é opcional, mas vai agilizar seu atendimento no Centro.

 

Terceiro: Vá ao Centro de Orientação de Viajantes (dê preferência para os públicos e gratuitos, claro, hehe) e apresente seu Cartão de Vacinação preenchido com data de vacinação contra Febre Amarela, lote da vacina, assinatura do profissional que te vacinou e identificação da unidade de saúde onde ela foi realizada, junto com um documento de identidade oficial com foto (carteira de identidade, carteira de motorista, passaporte…) ou certidão de nascimento.

 

Você precisa ir pessoalmente ao Centro, pois eles vão exigir sua assinatura para entregar o Certificado. A excessão são os menores de idade, que podem ser representados pelos paisou tutores.

 

Pronto! Dica: grampeie seu certificado internacional à última página do seu passaporte, afinal você só vai precisar de um junto com o outro 😉

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *