dinamarca

Jazzismos e turismos pelas ruas de Copenhagen

Tive a sorte de estar na capital dinamarquesa bem durante o maior festival de jazz do país. Por causa dos sons nas ruas e nos bares da cidade inteira, vi Copenhagen dançando pelas ruas. A cidade é quieta e ordenada, como os escandinavos sabem fazer muito bem. Mas há uma vida pulsante, muitos jovens levando seus filhos para passear de bicicleta, obras de renovação e extensão do metrô quebrando tudo em diversos pontos do centro, uma preocupação com o belo, seja na arquitetura, na arte, na decisão dos lugares, nas roupas, nas bicicletas bem cuidadas. Uai, jazz é um gênero …

Jazzismos e turismos pelas ruas de CopenhagenLeia Mais »

De Berlim a Copenhagen de bicicleta: tentei, mas não deu certo

Um pedaço perdido do Muro de Berlim na saída da cidade. Os departamentos de turismo da Alemanha e da Dinamarca criaram em conjunto um caminho especial para bicicletas entre as duas capitais. São trilhas maravilhosas quase sempre bem cuidadas e sinalizadas que passam por lagos, rios, florestas e vilarejos simpáticos. O site da trilha (em inglês, dinamarquês ou alemão) dá todos os dados necessários para quem quer se aventurar na trilha: hotéis e campings no caminho, pontos turísticos, o mapa para o GPS disponível para download. Como não ficar tentada a embarcar nessa viagem? Pois é. Que saudade da Frida, minha …

De Berlim a Copenhagen de bicicleta: tentei, mas não deu certoLeia Mais »

Adeus Ásia, olá Europa!

Foram quase seis meses de alfabetos com caracteres estranhos, comidas com muitos temperos diferentes, cores, sons, cheiros, religiões diferentes das que estou acostumada. Milênios de história, de conflitos, de mitos e lendas que a gente, do outro lado do mundo, só ouve falar. Quando eu era pequena, a Ásia não era um lugar que eu pensava que iria visitar. Parecia tão longe, tão alienígena… Estou MUITO feliz, muito grata, por ter ido e visto tanta coisa incrível. É um continente inteiro que é pouco explorado pelos brasileiros, talvez pela distância, talvez por puro preconceito mesmo. A verdade é que me …

Adeus Ásia, olá Europa!Leia Mais »

Rolar para cima