Puebla: Barroco Mexicano e ruínas aztecas impressionantes

A Gabriela Pires é uma grande amiga minha e foi ela a maior influenciadora da minha ida ao México no ano passado. Ela é arquiteta e uma cozinheira de mão cheia, então pode confiar nas dicas de comidas e também nos passeios arquitetônicos!

 

Gabi morou na Cidade do México por um ano e foi a Puebla diversas vezes – é pertinho, a viagem de ônibus dura 1h, saindo do Terminal de Autobuses del Poniente (TAPO), metrô San Lázaro na Cidade do México.

O email de viagem abaixo foi enviado pela Gabi pra mim quando eu fui à Puebla, em março de 2015. Segui a maioria das dicas e me diverti muito andando pelas ruas com a paisagem salpicada de igrejas – e comi muito bem também.

 

Espero que este post ajude na sua viagem como ajudou na minha!

 

Puebla

por Gabriela Pires

Você vai ver que Puebla é uma cidade de uma arquitetura linda!!! Os prédios são muito diferentes de outras partes do méxico e muitos revestidos de azulejos pintados (a famosa cerâmica talavera).

 

Impredível em Puebla:

– Biblioteca Palafoxiana

Dizem que é a primeira bilbioteca da América Latina e tem umas estantes de madeira entalhada cada uma diferente da outra. É muito maravilhoso!

 

– Museu Amparo

É um museu que tem um acervo fixo de móveis e objetos do século 19/20 e uma outra parte com exposição de arte contemporânea. É um projeto novo de requalificação de um edifício antigo que é muito bom. A melhor parte é o terraço que dá pra ter uma vista das cupulas das igrejas de Puebla.

 

Capela-do-Rosario-Puebla-eusouatoa

Capela do Rosário, o maior e melhor exemplo do Barroco Mexicano. Muito ouro!

 

– Igreja de Santo Domingo e Capela do Rosário

Acho que é a igreja mais bonita que eu já entrei na minha vida.

É maravilhoso o tipo de entalhe que eles fazem na madeira, o chamado barroco indígena com motivos de natureza, sem contar que é TUDO coberto de muito ouro.

 

– Los Sapos

É um mercado de antiguidades de rua. Na verdade é uma zona que tem muitos antiquarios e que nos finais de semana eles colocam as coisas pra fora. É bem legal e as vezes voce pode encontrar coisas bonitas (aquele broche bordado a mão eu comprei lá)

 

– Mirante

Fica na parte “alta da cidade”. Falaram com a gente que tinha que ir de taxi pq era longe mas nem é.

É uma caminhadinha, mas nada muito além do que a gente tá acostumada. Enfim, mas é tipo um parque com o forte da famosa “batalha de Puebla” … é um projeto bem legal também e tem o plus de ver a cidade quase toda lá de cima.

 

Cholula-Puebla-eusouatoa

Ruínas de Cholula, com a igreja encarapitada lá no alto. Toda essa “montanha” na verdade é uma pirâmide tomada pela terra e mato!!

Cholula

É a cidadezinha do lado e onde tem a famosa igreja das fotos que dá pra ver os vulcões. Você vai de microonibus desde Puebla e demora uns 30min.

 

Cholula é passeio de 1 dia, mas se você quiser pode ficar em lá, porque o fervo de Puebla foi todo transferido pro povoado nos finais de semana.

 

Acho que nessa época vai tá otimo pq o clima tá seco, mas a dica é ir num dia de céu claro e sem nuvens pra conseguir ver os vulcões.

 

Uma igreja foi construida em cima das ruinas de um conjunto arqueológico e é possível entrar dentro da pirâmide e percorrer as galerias subterraneas. Em Cholula também tem vários conventos e igrejas de 1600 … é uma coisa de louco pensar que elas foram contruidas nessa época.

 

Indias-Vestidas-Puebla-eusouatoa

Índias vestidas, prato feito com flor de abóbora recheada e empanada. INCRÍVEL.

Pra comer:

 

– Cemitas: é um sanduiche gigante e tipico de Puebla. É tipo um sanduiche de milanesa muito muito bom. Vende em diversas barraquinhas de rua.

 

– Entre Tierras: é um restaurante meio chique mas acredite … maravilhoso.

É lá quem tem a tal das “índias vestidas” (flor de abóbora recheada de queijo e empanada, foto acima) e um mole poblano maravilhoso (que inclusive dá pra vc dividir se for com mais alguem). Eles servem pãezinhos quentinhos deliciosos de antepasto.

 

– Maiz Prieto: é um bar/restaurante descolado.

Fica ali do lado do Zocalo em uma casa que tem um monte de outros bares errados… então você tem que passar direto por eles e subir as escadas correndo.

 

Uma vez que você sobe as escadas difícil sair pq tem otimos drinks e a comida é muito boa. Prove as tostadas de camarão com chicaron e também uns bolinhos de banana verde frito.

 

Acho que é isso! Se eu lembrar de mais coisa eu te mando!

 

De qualquer maneira, ande muito, entre nas igrejas e aproveite.

 


 

Ei, leitor, quer publicar um email com dicas de viagem aqui no blog? Encaminha pra mim: livia.aguiar@gmail.com

 

Reserve um lugar bacana em Puebla:

Hostal Casona Poblana – foi onde fiquei em Puebla: tudo muito limpinho, tem cozinha e um terraço grande.

Outros hostels

Mais hoteis no centro de Puebla

Hospede-se em Cholula, reserve já:

Hostal de San Pedro

Outros hoteis em Cholula

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *