CHOCADA: a fronteira entre Tailândia e Laos mudou muito nos últimos 3 anos!

Este é um post rápido só pra mostrar a diferença entre a fronteira entre Tailândia e Laos em apenas 3 anos. Cruzei o mesmo ponto em 2012 e 2015 e fiquei chocada. A diferença é bizarra!

 

Bom, existem diversos pontos de fronteira entre os dois países, estou falando do ponto mais ao norte, entre as cidades de Chiang Khong, na Tailândia, e Huay Xay, no Laos.

Em 2012, a fronteira era assim:

 

fronteira-tailandia-laos-eusouatoa2012

 

Como escrevi neste post em 2012, a fronteira era apenas uma casinha de madeira de cada lado do rio Mekong. Tudo muito bagunçado, mas bem de boas.

 

Para cruzar, era preciso passar na imigração e pegar um barquinho para cruzar o rio até a fronteira do outro país do outro lado. E pronto.

 

Em 2015, a fronteira está assim:

 

fronteira-tailandia-laos-eusouatoa

 

VRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRÁ!

 

Totalmente diferente!

 

São duas construções enormes que parecem aeroportos, uma de cada lado do rio Mekong, separadas por uma ponte, a “4ª Ponte da Amizade” – hoje os dois países têm 4 pontes gigantes que cruzam este importante rio da região, a última foi essa 4ª ponte, cuja construção foi concluída no final de 2013.

 

Nem sinal do Mekong e, lado ruim, as duas fronteiras estão distantes das cidades de fato, então é preciso pegar um ônibus ou tuktuk de Chiang Khong ou Houay Xai até o ponto de passagem para o outro país…

 

 

O visto para o Laos custa 30 dólares para brasileiros, que devem ser pagos em dinheiro (dólar mesmo, não adianta ser Thai Baht nem Lao Kip) na própria fronteira. O visto te dá direito a 30 dias no país.

 

Leve também:

. Duas fotos 3×4 (ou qualquer outro tamanho, não tem problema).

. 20 baht ou 7.000 kip para o ônibus entre a fronteira da Tailanda e o Laos

 

Da rodoviária de Chiang Khong até a fronteira são 60 baht (pouco menos de 2 dólares) e da rodoviária de Houay Xay até a fronteira são 15.000 kip negociados ferrenhamente (2 dólares).

 

Tours que fazem o trajeto geralmente já incluem o transporte até a fronteira (mas não incluem o ônibus de uma fronteira à outra!) e, depois de fazer o trajeto com agência e independentemente, concluo que é melhor contratar a agência.

 

Não pelo preço (a diferença é pouca), mas pela rapidez e facilidade. Os valores são quase os mesmos e não é preciso negociar loucamente cada pedacinho do transporte.

 

Não deixe de fazer seguro de viagens!

O blog tem parceria com a Real Seguros, que encontra o seguro com melhor custo/benefício para você.

 

Atenção: se for da fronteira de barco até Luang Prabang, não contrate o hotel que a agência te oferecer na passagem da fronteira entre Tailândia e Laos.

 

A viagem dura dois dias e é preciso dormir em Pak Beng, no meio do caminho, antes de chegar a Luang Prabang. Os caras da agência vão fazer um terrorismo falando que não tem hotel direito em Pak Beng, que é tudo caro e é melhor reservar logo um hotel com a agência deles, mas a acomodação oferecida por eles é geralmente ruim e precária. Escolha seu hotel pelo booking antes de chegar e tenha certeza de que está escolhendo o melhor para você! 

 

Tudo vai ser meio ruim, mas é só uma noite e a mágica Luang Prabang te espera no fim da viagem.

 

Seguro viagem asia 728x90

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *